Currículo é muito importante, mas não é tudo

Muitas pessoas ficam em dúvida se o CV está correto ou se há pontos que precisam ser revisados, porém, na maioria dos casos, o problema não é o currículo.
Há muitos modelos de CV’S (Curriculum Vitae) disponíveis na internet e a estrutura tem que abordar: dados pessoais, formação acadêmica, histórico profissional, cursos e/ou atividades extracurriculares e publicações.
Um currículo bom é o que mostra de forma clara e objetiva o perfil do candidato, mostrando se ele se encaixa na vaga ou não. Ao colocar as experiências profissionais, além de falar do local e período de experiência, é importante conter informações mais aprofundadas das tarefas realizadas no cargo em que ocupava, mostrando de que forma você colaborou com o crescimento da empresa.
É preciso estar atento a erros frequentemente encontrados em cv’s, Os erros normalmente são gramaticais ou de digitação, como usar mais de uma fonte etc. Além disso, não tente “encher linguiça” colocando informações demais, que por vezes, podem ser incoerentes com a vaga. Também não é preciso colocar informações como: pró-ativo, dinâmico, capacidade de liderança, entre outros. Essas são características que você terá que provar e escrever por escrever não dirá nada sobre isso.  Guarde essas informações para a entrevista, mas sem mentir sobre quem você é e suas reais habilidades e características.

Apesar de ser fundamental, o currículo não é o ponto decisivo, ele é o primeiro passo, porém para conseguir uma recolocação no mercado é preciso muito mais do que isso. Hoje temos um sistema demasiadamente falho, muitas empresas não possuem uma política clara de contratação e, do outro lado, a mão-de-obra disponível no mercado é precária, pouco preparada e conformada. Isso é um problema de raízes políticas, sociais, culturais e filosóficas que não podem ser alteradas da noite para o dia. Portanto, a dica é preparar-se cada vez mais, estudar, estudar e se atualizar cada vez mais.
Outra dica valiosíssima é manter-se positivo! É claro que estar desempregado não é um mar de rosas, porém ficar o tempo todo pensando nisso e se preocupando não vai melhorar a situação. Tire o melhor dessa situação e aproveite o quede mais valioso tem na vida e que você tem de sobra nessa situação: o tempo. Aproveite para fazer cursos, pesquisas na internet, organizar sua vida, passar mais tempo com a família, filhos e amigos. Durma bem, alimente-se de maneira adequada e faça exercícios físicos! Agora não tem mais essa desculpa de não ter tempo pra se exercitar, levante do sofá e mexa-se! Pesquisas comprovam que os exercícios são antidepressivos!
Mas não se esqueça de pesquisar em sua região empresas nas quais gostaria de trabalha e envie seu CV. Use seu networking! Converse com seus amigos, colegas etc. Porém, não converse somente sobre isso, não mantenha relações apenas por interesse, construa relações de longo prazo! Construir algo demanda tempo, carinho e dedicação. Mostre interesse por seus amigos, ajude-os e eles os ajudarão também. Um dia alguém pode te ligar oferecendo uma vaga, não porque você pediu, mas pela confiança estabelecida.