Resumo da Palestra “O currículo como ferramenta para geração de entrevistas”

Lembram da palestra “O currículo como ferramenta para geração de entrevistas” que o IBDEC ofereceu gratuitamente no dia 26/11? Você foi? Gostou?

Pra você que não conseguiu estar presente, nós separamos as informações mais importantes na hora de preparar um currículo, que é a um dos “pontos chaves” para uma carreira de sucesso. Existem dois fatores básicos que vão fazer que você seja chamado para o resto do processo seletivo ou não, o conteúdo de seu currículo e a apresentação do currículo.

Conteúdo:

O conteúdo se refere ao seu nível de empregabilidade, estudo, cursos, experiências profissionais anteriores e conhecimentos. E também a maneira de escrever esse conteúdo em relação à vaga de emprego que você está buscando.

Apresentação do Currículo:

Esse é um ponto chave para ser chamado e que a maioria das pessoas não dá tanta importância. Normalmente se pega um modelo de currículo online ou usa qualquer formatação do Word e escreve o conteúdo. Porém, um currículo mal apresentado, mal escrito, com as informações erradas colocará tudo a perder na maioria dos casos.


Nós separamos 5 simples passos para melhorar seu currículo, tanto o conteúdo, quanto a apresentação:

1- Escrever o conteúdo baseado na vaga de emprego.

Você deve escrever o currículo baseado em cada vaga, enviar um currículo customizado faz enorme diferença no resultado final.

DICAS:

Foque nas experiências similares as pedidas na descrição da vaga.
Dê mais destaque a experiências e cursos relacionados à vaga.
Use palavras que apreçam na descrição da vaga.

2 – Mostre resultados que você alcançou em suas experiências anteriores e projetos extracurriculares.

Demonstrar sua capacidade de trazer resultados a empresa. É comum apenas colocar cursos, projetos e experiências profissionais, porém poucos falam sobre os resultados alcançados em nessas tarefas. Expor seus resultados te coloca a um passo a frente de seus concorrentes e instiga a curiosidade do entrevistados a lhe conhecer pessoalmente.

Exemplos:
Contribuição para o aumento nas vendas da loja em 15%
Redução de custos em aproximadamente 10%

3-Faça cursos e participe de palestras:

Como foi dito anteriormente, é necessário ter um bom conteúdo em seu currículo, a maioria das pessoas não têm, isso é um fato. Para melhorar o conteúdo de seu currículo faça cursos extras melhorando seus conhecimentos gerais.

IBDEC mantém um amplo portfólio de opções para os mais variados perfis e carreiras. Sempre trabalhando COM PROFISSIONAIS EXPERIENTES E RECONHECIDOS PELO MERCADO.

Veja os outros cursos com matrículas abertas:

e-Social – Início – 29 de novembro
Analista fiscal – Início: 29 de novembro
Cargos e Salários – Início: 06 de dezembro
Cálculos da Folha de Pagamento – Início: 13 de dezembro
Desoneração da Folha de Pagamento – Início: 13 de dezembro

4- Um currículo bem formatado:  

Um currículo bem produzido é um dos principais pontos para a apresentação. Uma formatação limpa, com os pontos certos em destaque facilita a leitura do selecionador.

Pessoas que administram processo seletivo têm pouco tempo e por isso um currículo mal apresentado e confuso pode se quer ter a atenção devida.

Abaixo separamos 3 modelos de currículos com uma boa formatação para que você não tenha dificuldades em fazer o seu currículo.

Modelo 1 – http://goo.gl/FdSKtc          Modelo 2 – http://goo.gl/n0GYSx

5- Seja objetivo

Corte os excessos, um currículo grande e cheio de texto não fará você ser selecionado. Os excessos podem te prejudicar apagando as partes que realmente são importantes no currículo, a leitura do currículo deve ser rápida, por isso sem excessos. O ideal é um currículo de até uma página, mais do que uma página apenas para currículos e funções que exijam muitas informações.