Veja 9 erros cometidos por recrutadores em uma entrevista de emprego:

Entrevista de emprego é sempre um momento delicado para o candidato que, normalmente, tem expectativas sobre aquela oportunidade e busca recolocar-se no mercado de trabalho. A incerteza sobre o próprio desempenho durante a conversa com o selecionador é natural, principalmente para os mais ansiosos.

Por outro lado, não são apenas os candidatos que cometem gafes durante a seleção, recrutadores inexperientes também erram e alguns equívocos cometidos podem prejudicar o profissional avaliado. Veja oito erros cometidos durante o processo de recrutamento e seleção e, atente-se para não cometê-los:

1- Não vender a empresa: Alguns recrutadores não vendem a organização, isso é, não fornecem informações suficientes sobre a empresa contratante. Com isso, candidatos que estão envolvidos em outros processos seletivos, muitas vezes, acabam optando por outras companhias que fizeram um recrutamento com mais qualidade ou que já têm mais nome no mercado.

2 – Focar nos pontos negativos: Muitos entrevistadores procuram razões pelas quais o candidato não deve ser contratado e acabam deixando de focar nos aspectos positivos. Em alguns casos, o selecionador busca os defeitos, em vez de criar uma relação sóbria entre pontos de melhorias e qualidades.

3 – Efeitos pessoais: Erroneamente, o avaliador se impressiona com características pessoais do candidato (boa aparência, boa oratória etc) e assume que tudo em relação a ele é positivo devido aquele único fator. 

4 – Falar demais: O recrutador tem que escutar mais do que falar. Infelizmente, alguns não levam muito em consideração esta regra. Isso frustra os candidatos e limita a quantidade de informação da qual o entrevistador vai dispor na hora de fazer uma avaliação final.

5 – Falsa intimidade: O entrevistador pode contar uma história ao candidato para quebrar o gelo ou fazer uma brincadeira, mas é preciso ter muito cuidado, algumas piadas ou colocações podem ser consideradas preconceituosas ou fora de contexto. Isso ainda acontece em algumas seleções e tem impacto negativo no desempenho do candidato.

6 – Enganado pelo entusiasmo: Alguns entrevistadores ficam tão empolgados com a animação e determinação do candidato que se esquecem de verificar outras características e habilidades importantes para a vaga.

7 – Influência na resposta: Muitas vezes os entrevistadores dizem na própria pergunta o que querem ouvir do candidato como resposta. Isso acaba por facilitar a entrevista e torná-la superficial.

8 – Organização do horário: A hora do dia em que foi feita a entrevista pode variar a eficiência da escolha. Um recrutador que já tenha realizado 5 entrevistas seguidas avaliará de forma diferente do que outro que tenha tido um intervalo para organizar as idéias.

9 – Não cometa erros: Seja um recrutador de sucesso. Para realizar um processo de Recrutamento e Seleção de sucesso é preciso estar por dentro das últimas tendências da área de Recursos Humanos.

Aprenda a analisar o currículo do candidato, realizar entrevistas individuais, entrevista em grupo, entrevista por competência, dinâmicas e muito mais com o nosso curso de Ferramentas para uma Seleção Eficiente. Acesse a página do curso e saiba mais através deste link: https://ibdec.net/2014/?p=4157