Trabalhar com pessoas não é uma tarefa fácil, temos personalidades diferentes e isso se torna um pouco mais complicado quando somos de gerações diferentes. 

O Filme Um Senhor Estagiário, nos mostrar justamente isso o contraste entre as gerações e como essa parceria pode ser produtiva. Mas vamos entender um pouco mais sobre as gerações:

Antigamente definia-se geração como a sucessora dos pais, mas nas últimas décadas tivemos uma “aceleração do tempo” e tudo é produzido mais rápido. Antes o intervalo entre gerações girava em torno de 25 anos, agora falamos uma nova geração a cada 10 anos.

Atualmente, encontramos no mercado trabalhando lado a lado, quatro gerações com perfil totalmente diferentes:
 

Baby Boomers

São aqueles que nasceram entre 1945 (final da segunda guerra mundial) até o início dos anos 60. Sua principal características comportamentais são a estabilidade E A fidelidade, preferem ser reconhecidos pela experiência.

 

Geração X

São aqueles que nasceram entre 1960 até o final dos anos 70. Suas principais características são o comprometimento e a linearidade, buscam uma carreira sólida e estável, por iniciarem a carreira em um período que ainda não havia tanta tecnologia estão habituados a realizar trabalhos rotineiros.

 

Geração Y – millenials

São aqueles nascidos por volta de 1980 até o início dos anos 90. Os nascidos nessa época se depararam com um mundo globalizado, além de acompanhar o desenvolvimento das tecnologias de comunicação e internet o que se tornou natural. Essa geração é regida pelo imediatismos e intenso questionamento, não gostam de posições subalternas e desde cedo buscam altas posições no mercado. São criativos e gostam de inovar e precisam ser desfiados e recompensados. e não 

 

Geração Z

São aqueles nascidos nos anos 90 até o momento atual. Não entendem como o mundo pode ser existido sem internet. A permanência em um mesmo emprego parece algo fora da realidade para essa geração, muitos preferem trabalhar como freelancer ou fazer home office do que trabalhar em um emprego tradicional ou formal. Essa geração se relaciona mais de forma virtual, por isso quando a interação é no mundo real podem apresentar algumas dificuldades. 

 
 

Ao entender um pouco o contexto de cada geração, fica mais fácil compreender determinados comportamentos.

Um dos pilares do filme é justamente a relação entre as gerações e qual a mentalidade de cada uma, e como podemos usar as diferenças para potencializar nossos talentos.

No filme vemos como Ben Whittaker (Robert De Niro) um baby boomer se insere em um mundo cheio de profissionais da geração y, liderados pela Jules (Anne Hathaway). 

Ben começa a questionamento seu momento de vida (aposentadoria e viuvez) e mesmo após viajar e realizar diversas atividades ainda tinha energia e vontade de trabalhar, ao ver um anúncio de um programa de estagiários Sr resolveu se candidatar. 

Porém o processo era diferente do que estava acostumando, ele teve que gravar um vídeo e encaminhar ao recrutadores, neste momento percebemos que ele está disposto a sair de sua zona de conforto.

A empresa que o contrata é comandada por Jules uma jovem mulher apaixonada pelo que faz, que em poucos meses consegue alcançar os resultados de 5 anos. É uma típica Startup com um ambiente descontraído, open space, massagem entre outros diferenciais. 

Quando a CEO conhece seu novo estagiário ela é tomada por pré-conceitos e conclui que Bem não vai conseguir entender o negócio (e-commerce) e não será útil para empresa.

Ao longo do filme vemos muitos exemplos de como é equivocado pré-julgar as pessoas, e aos poucos Ben conquista a equipe, compartilhando sua experiência e demonstrando interesse e humildade para aprender coisas novas.
 

O aprendizado entre as gerações é a mensagem mais rica do filme, demonstrando que sempre temos algo a aprender independentemente da idade.

É comum quando nos deparamos com diferentes gerações ouvirmos frases como: “O que esse pirralho pode me ensinar” ou “O que esse cara que deveria estar aposentado pode me ensinar”. O importante é entender que e os comportamentos, valores e atitudes não são meros caprichos e sim resultado da época em cada um viveu.

Ben, agora estagiário, por muito ocupou um cargo de liderança em uma época que não havia tecnologia, mas havia negociação, valores morais e estratégia, e ele começa a compartilhar com a equipe de forma suave sem imposição, como um mentor, e todos começam a ver relevância em seus conhecimentos. 

Da mesma forma que Ben precisa aprender coisas que para a geração Y são básicas como enviar um e-mail, Julles aprende coisas que achava ultrapassadas e que percebe serem básicas e necessárias.

Podemos tirar deste belo filme ao menos 3 grandes lições:

  • Nunca é tarde para aprender
  • O simples nem sempre é fácil
  • Coisas complexas e revolucionárias precisam do básico.

Cada geração tem o seus pontos fortes e fracos, com humildade e respeito existe oportunidade de aprendizado e crescimento profissional para todos.

 
Texto escrito pela professora Edlaine Pontes

Edlaine Pontes: É professora do IBDEC desde 2019, na área de Recursos Humanos.
Psicóloga, com Pós-Graduação em Modelo de Gestão Estratégica de Pessoas pela FIA, e Especialista em eSocial pela Nith.
Possui mais de 13 anos experiência em Recursos Humanos, com foco em Treinamento e Desenvolvimento, Gestão de Benefícios, Departamento Pessoal e Recrutamento e Seleção. Atualmente é Gerente de Gente e Gestão em um escritório de Advocacia.

O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Educação Corporativa (IBDEC) foi fundado em 2006, com o intuito de gerar maiores oportunidades de desenvolvimento e crescimento para profissionais e empresas. Através de projetos e cursos diferenciados, nossa escola permite ao aluno vivenciar em sala de aula aquilo que fará em sua atividade profissional, utilizando exercícios práticos, dinâmicos e reais. Contamos com uma ótima qualidade de ensino, material didático próprio feito por nossos professores, e uma vasta experiência de ensino.

Siga o IBDEC em nossas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades!

Facebook: https://www.facebook.com/ibdec/

Instagram: https://www.instagram.com/institutoibdec/ ou procure por @InstitutoIBDEC

LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/ibdec/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCLfHXSTHJ9LqH09sQlhVDwg
Contatos IBDEC:

(19) 99470-3998
Rafaela Viel

(19) 99140-3422
Luciana Pilon

(19) 3381-0800
cursos@ibdec.net